Compartilhar:

O MAL: ACIDENTE OU PARTE DE UM PLANO DIVINO?

Marcelo Victor Rodrigues Nascimento

Instituto Aliança de Linguística, Teologia e Humanidades (IALTH), Recife, Brasil

[email protected]

RESUMO

Tendo as Escrituras Sagradas como pano de fundo, este artigo teve por objetivo dar um parecer acerca do mal, esclarecendo se ele ocorreu por um acidente de percurso ou se faz parte de um plano divino para um bem maior. Para tanto, foi utilizado o método qualitativo chamado método histórico, servindo-se de um levantamento bibliográfico e de depoimentos sobre o tema em pauta por parte de teólogos renomados. A discussão perpassou pelos seguintes tópicos: a definição bíblica de mal; a forma como Yahweh (o Deus de Israel) criou todas as coisas; as consequências do mal; a posição das correntes soteriológicas sobre ele; as implicações do mal ser considerado um acidente de percurso e um instrumento para a realização de um bem maior; o motivo de Yahweh ter permitido que o mal viesse a acontecer; e, por fim, a perspectiva do mundo vindouro a respeito do mal. Após análise das informações colhidas e considerando que em Yahweh não há treva alguma, tanto em seus seus pensamentos, quanto em seus sentimentos, obras e decretos, é possível concluir que o mal foi um acidente de percurso, advindo da liberdade de escolha conferida às criaturas.

Palavras-chave: Mal, Bem maior, Acidente, Plano divino.


Compartilhar: