Compartilhar:

A INFLUÊNCIA DA EXPERIÊNCIA EM TREINO RESISTIDO NA REALIZAÇÃO DO TESTE DE UMA REPETIÇÃO MÁXIMA (1RM) PARA OS ATLETAS DE FISICULTURISMO

.

 Marcelo Victor Rodrigues Nascimento

RESUMO Este trabalho teve por objetivo analisar criticamente as informações disponíveis na literatura especializada referentes à influência da experiência em treino resistido na realização do Teste de Uma Repetição Máxima (1RM), bem como, relacionar tal dado com o programa de treinamento dos atletas de fisiculturismo. Após a introdução, foram apresentados os seguintes tópicos: um protocolo destinado à realização do Teste de Uma Repetição Máxima (1RM); três pesquisas científicas recentes que tratam do assunto; e uma reflexão crítica da literatura afim, relacionando-a com o fisiculturismo. Conclui-se que, em virtude dos fatores apresentados, a literatura define o Teste de Percepção Subjetiva de Esforço (PSE) como o ideal para os programas com exercícios resistidos para praticantes de musculação (iniciantes e frequentadores de academias) e o Teste de 1RM para os atletas, especialmente as modalidades que possuam o trabalho de força como a “espinha dorsal”, como é o caso do fisiculturismo.

Palavras-chave: Fisiculturismo. Treino de força. Adaptações fisiológicas. Recuperação.

Artigo

 

Inscreva-se e receba nossas últimas edições: Revista Sociedade Científica

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *