Compartilhar:

EPIDEMIAS NO ESTADO DO AMAZONAS: HIV E AIDS EM DESTAQUE

Alana Emilly Palheta da Silva; Helen Oliveira do Nascimento; José Geraldo Xavier dos Anjos; Rosiane Pinheiro Palheta; Lucélia Regina Pacheco Araújo

RESUMO

Compreender o contexto e a conjectura da epidemia de HIV/AIDS no estado do Amazonas, como se propagou, seus efeitos e a atuação do Estado no período de 1950 a 2010, reunir e explorar informações sobre a história da AIDS, as consequências desta epidemia para o contexto do Amazonas e da pessoa que habitou o Estado nesse período histórico. A metodologia do trabalho teve como base metodológica a pesquisa bibliográfica que privilegiou fontes documentais revisadas e exploradas por meio de plataformas online como memória, hemeroteca e o Jornal do comércio. As manchetes desse acervo documental foram amplamente lidas, resumidos e tabulados após aplicação de um instrumento de coleta de dados dando um panorama sobre o contexto estudado. Como resultados, houve um completo desconhecimento da doença, medo, preconceito e discriminação disseminados, sobretudo contra pessoas estereotipadas como os homossexuais, o Estado não estava preparado para o enfrentamento de uma epidemia havendo muitas ações equivocadas. O Estado do Amazonas cresceu em número de casos de maneira exponencial sendo o período de 12 anos entre 1997 a 2009 ocupando a vigésima posição no ranking nacional.

Palavras-chave: AIDS, HIV, Epidemias, Amazonas, História.




Acesse nosso aplicativo onde pode optar por “seguir“, assim o Google poderá mostrar nossas últimas edições nas opções de notícias do leitor:

RSC - App



Caso queira receber nossas últimas edições por e-mail, enviaremos apenas um e-mail por dia informando sobre nossa última edição. Para cadastrar, basta informar o e-mail, após o Google enviará um e-mail de confirmação para garantir que a inscrição foi submetida pelo titular da conta de e-mail.

Para se inscrever, basta submeter email:

Revista Sociedade Científica


Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *